SAIBA QUAIS CUIDADOS TOMAR AO ABRIR UMA FRANQUIA

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Quando vemos a oportunidade de realizar um investimento e surge em nós a vontade de abrir uma franquia comercial, uma dúvida prevalece: qual ramo eu vou seguir e a qual empresa desse ramo eu vou me franquear?

O desejo de toda franqueadora é captar mais associados e expandir. No entanto, nem sempre elas agem de boa-fé para atrair seus clientes, sendo que muitas vezes:

– Desconsideram alguns dos custos (que podem ser muito grandes) ao fazer a projeção de lucro e da data em que o superávit se iniciará;

– Não levam em consideração que variações de receita e despesas podem ocorrer até o momento em que haverá o retorno efetivo do capital investido;

– Omitem informações sobre a exclusividade de fornecedores e vendas;

A lista não se encerra por aí, e podemos citar diversos problemas que surgem ao aderir a uma franquia sem ter um conhecimento prévio. O ideal é que antes de se assinar o contrato para abertura de uma franquia o candidato seja assessorado por um profissional especializado na área. Essa assessoria é essencial para que seja feito uma análise de risco e para que você realmente tenha noção do capital real que será demandado de você. Para você empresário que ainda não aderiu a tal serviço, segue algumas informações importantes.

Uma das dicas mais importantes que podemos te dar é para que você tenha acesso ao conhecimento daqueles empresários que estão vinculados ou foram vinculados à sua franquia de desejo. Mais do que apenas confiar nos dados e nas projeções que te apresentarem no contrato de oferta de franquia, o ideal é conhecer o ponto de vista de quem já passou por todo o processo.

A circular de oferta de franquia deve apresentar um catálogo com os contatos dos franqueados e ex-franqueados. Muitas vezes pode parecer desnecessário, mas ele tem o valor de uma mina de ouro. Ao contatar esses empresários, você tem a oportunidade de conhecer as variações de lucros, as variações de despesas, o capital real investido, o capital para se manter com segurança, como se dá o fornecimento, como foi a relação dessa pessoa com a franqueadora até o momento da chamada, o suporte prestado etc.

Nesses mais de 12 anos de atividades e tendo assessorado centenas de franqueados, nossa equipe já detectou e mapeou inúmeras irregularidades perpetradas por franqueadoras que podem colocar seu investimento em risco.

Os vários documentos e contratos que são disponibilizados para que você tome conhecimento certamente foram confeccionados por um corpo jurídico que zela, principalmente, pelos interesses do franqueador.  Se o franqueador conta com um corpo jurídico para preservar os interesses da rede, porque você não contaria com uma assessoria para preservar os seus?

Daí vem a importância de não só fazer uma pesquisa de mercado para saber os detalhes da rede, mas contar também com uma assessoria jurídica qualificada na fase anterior à contratação da franquia pode ser fator primordial para preservar seu investimento, especialmente aquelas que não se prendem apenas a questões contratuais, mas que conhecem e fazem uma pesquisa profunda do mercado, com dados, estatísticas, pesquisas entre outros.

Se inscreva em nossa Newslatter

Fique atualizado e por dentro de tudo que acontece no direito

Outras postagens

poverty, black and white, emotion-4561704.jpg
Franchising

PRINCIPAIS CUIDADOS AO SE ABRIR UMA FRANQUIA- TAXAS E CUSTOS DE INVESTIMENTO

Antes de abrir uma franquia, geralmente procuramos saber o investimento médio a ser feito e as condições de existência do negócio. Quando recebemos a COF, tudo parece ser perfeito na teoria; afinal, todos os dados estão lá bem organizados, e você acaba se convencendo de que aquilo que está no papel é aquilo que de

document, agreement, documents-428334.jpg
Franchising

CIRCULAR DE OFERTA DE FRANQUIA: O QUE DEVE CONSTAR NO DOCUMENTO E QUAIS OS CUIDADOS QUE CANDIDATO À FRANQUIA DEVE TOMAR

A circular de oferta de franquia, comumente chamada de COF, é o documento pelo qual estabelecemos nosso vínculo com a franqueadora, estabelecendo as exatas condições de instalação e existência da nossa franquia. Por experiência própria e conhecendo os inúmeros problemas que cercam a questão,  é altamente aconselhável que conte com uma assessoria jurídica de qualidade

Rolar para cima